Domingo, 11 de Julho de 2004

Confissão

Escrever pode ser uma óptima desculpa para quem na vida não tem qualquer esperança. É uma maneira de preencher uma sombra e há momentos em que um beijo escrito vale por muitos.
É sempre a vida, é claro, mas com a distância limpíssima das palavras. E tudo sofre de uma insuficiência que a arte tenta reparar, e falha.
Eu espero que a esperança um dia venha e tudo isto não seja mais que um exercício de gramática.




Pedro Paixão, in Nos teus braços morreríamos

publicado por lique às 09:09
link do post | quer comentar? | favorito
|
62 comentários:
De Anónimo a 14 de Julho de 2004 às 20:19
Eu, q gosto tanto do modo de escrever do PP, gostei muito da selecção q fizeste. A interrogação justifica-se. Mas a escrita aparece apenas para completar os espaços deixados pela vida. A escrita escreve a vida, n a substitui. A mim, tem-me sabido muito bem ter recuperado a minha dimensão da escrita. Este reencontro reunificou-me, q, por vezes, é mesmo "o sonho q comanda a vida"! Kiss, de paixãoMJM
(http://babylonia.blogs.sapo.pt/)
(mailto:cacooco@hotmail.com)
De Anónimo a 13 de Julho de 2004 às 13:55
Lique, para mim escrever foi encontrar esperança. Em qualquer coisa que gosto profundamente, que faz parte de mim. Até tentei escrever um verso - vai ao meu blog e diz-me o que pensas.
Um beijinho. Lá te espero no meu blog ou no das Cartas - vê se gostas da nova.
Marta
MARTA TEIXEIRA
(http://amartaeeu.blogs.sapo.pt)
(mailto:martamariabraga@clix.pt)
De Anónimo a 13 de Julho de 2004 às 12:17
uma vez em conversa com alguém eu disse-lhe, o amor nunca será perfeito como o q se escreve, a vida nunca será tão completa como a q se escreve, pq na escrita há a vida e tudo o q se espera q as coisas sejam. mas tb nada custa mais que essa certeza lique.nada dói mais que o que se escreve!encandescente
</a>
(mailto:encandescente@sapo.pt)
De Anónimo a 12 de Julho de 2004 às 19:28
É sem dúvida uma óptima desculpa ... e aos poucos torna-se na esperança ... beijos ***Lótus
(http://lotus1.blogs.sapo.pt/)
(mailto:lotus__@msn.com)
De Anónimo a 12 de Julho de 2004 às 01:44
Beijinhos:)wind
</a>
(mailto:sagit_126@hotmail.com)
De Anónimo a 12 de Julho de 2004 às 01:36
Wind: boa noite. Beijinhoslique
</a>
(mailto:lique2@sapo.pt)
De Anónimo a 12 de Julho de 2004 às 01:36
Lolita: então amiga, agora és tu? Seja o que for que nos deite abaixo, temos que deixar o sonho entrar. Guardá-lo não, amiga. Beijinhos. Boa noitelique
</a>
(mailto:lique2@sapo.pt)
De Anónimo a 12 de Julho de 2004 às 01:32
Analfabeto: quando a vida está para o sombrio , muitas vezes as plavras reflectem o nosso estado de alma. Quando não está, às vezes também se finge bem...:) Bjslique
</a>
(mailto:lique2@sapo.pt)
De Anónimo a 12 de Julho de 2004 às 01:30
Whiteball: nada que agradecer:) Pois , as palavras são do PP, o estado de espírito se calhar é meu. Mas isto passa... Beijinhoslique
</a>
(mailto:lique2@sapo.pt)
De Anónimo a 12 de Julho de 2004 às 01:28
Blueshell: acho que é a primeira vez que comentas. Obrigada pela visita e pela força. Irei visitar-te em breve. Bjslique
</a>
(mailto:lique2@sapo.pt)

Comentar post