Quarta-feira, 9 de Junho de 2004

Descoberta de um poeta

Onomástica



Se te chamasses maria
a manhã que se prepara
em ti talvez moraria
ou, se te chamasses clara
o teu nome despertasse
as luzes do fim do dia
para pintar tua face
mas quis chamar-te Alegria
o mistério de que és filha
e o teu nome apenas brilha
dentro da noite vazia.



Tempora



Que pena
não é mais chique ir para a rua carregando bandeiras
viver e preparar a revolução
não é mais chique
fumar
cultivar úlceras gástricas
não é mais chique chorar
sobre o leite derramado

justo agora que eu comecei.



Jayme Kopke nasceu em Niterói, Brasil, em 1960. Formou-se em Letras e foi professor da Aliança Francesa do Rio de Janeiro e da Universidade Federal Fluminense, mas acabou por seguir a carreira de redactor publicitário. Vive em Portugal desde 1988. É autor dos Poemas Durante a Chuva (Mariposa Azul, 1999). Encontrei-o na Tenda dos pequenos editores da Feira do Livro de Lisboa.
publicado por lique às 16:22
link do post | quer comentar? | favorito
|
8 comentários:
De Anónimo a 10 de Junho de 2004 às 00:41
Lique desculpa incomodar, mas o post de cima não abre os comentários.wind
</a>
(mailto:cruzi@netcabo.pt)
De Anónimo a 9 de Junho de 2004 às 23:43

devo-te mais um poeta, Lique!
depois pago por junto ( se é que tenho crédito rss )

bjs
DonBadalo
(http://oblogdalibelua.blogs.sapo.pt)
(mailto:DonBadalo@sapo.pt)
De Anónimo a 9 de Junho de 2004 às 22:48
não conhecia esse poeta.gostei muito. um beijoencandescente
</a>
(mailto:encandescente@sapo.pt)
De Anónimo a 9 de Junho de 2004 às 22:33
estouro as fronteiras e rebento os limites...ricardo
(http://livroembranco.blogs.sapo.pt/)
(mailto:ricardo17111973@hotmail.com)
De Anónimo a 9 de Junho de 2004 às 20:12
Pois é, Lique, as modas... Grata pelas palavras deixadas no "sulanorte". Noite boa. Beijinho meu.adesse
(http://sulanorte.blogs.sapo.pt)
(mailto:skuld_m@hotmail.com)
De Anónimo a 9 de Junho de 2004 às 19:45
Gostei da obra que nos mostraste, Lique. Também já não é chique ter olheiras e definhar por amor, pois não?
Bem me parecia :-)Dora
(http://levementerotico.blogs.sapo.pt/)
(mailto:ledamadrugada@yahoo.com)
De Anónimo a 9 de Junho de 2004 às 19:17
Não conhecia Lique. Mas pelos vistos é preciso morrer alguém, para que as pessoas, independentemente da sua cor política se unam, ergam bandeiras de solidariedade e mostrem que são "pessoas"! Beijos:)*wind
</a>
(mailto:cruzi@netcabo.pt)
De Anónimo a 9 de Junho de 2004 às 17:33
Hoje sairam para a rua e carregaram bandeiras pretas... **M.P.
(http://sabem.blogs.sapo.pt)
(mailto:mnpta@netcabo.pt)

Comentar post