Sábado, 8 de Maio de 2004

Denominador comum?

Há os que não gostam do governo
Há os que não gostam da oposição
Há os que não gostam dos americanos
Há os que não gostam dos anti-americanos
Há os que não gostam do Benfica
Há os que não gostam do Sporting
Há os que não gostam do Porto
Há os que não gostam de futebol
Há os que não gostam de lamechices
Há os que não gostam de agressividade
Há os que não gostam de optimismo
Há os que não gostam de pessimismo
Há os que não gostam de D. Fátimas
Há os que não gostam de Sras Engas
Há que não gostam do que os outros gostam
Há os que gostam do que os outros não gostam
Será que todos gostam de poesia?
Também não!
publicado por lique às 19:06
link do post | quer comentar? | favorito
|
31 comentários:
De Anónimo a 9 de Maio de 2004 às 13:08
Adesse: Obrigada pela visita e pelo poema. Beijinhos e vamos lá fazer o melhor deste domingo cinzentão!lique
</a>
(mailto:lique2@sapo.pt)
De Anónimo a 9 de Maio de 2004 às 11:56
porque hoje é domingo, porque está tudo cinzentão, porque me deu vontade, deixo-te, com um *, "Portugal" de Alexandre O'Neill: Ó Portugal, se fosses só três sílabas, / linda vista para o mar, / Minho verde, Algarve de cal, / jerico rapando o espinhaço da terra, / surdo e miudinho, / moinho a braços com o vento / testarudo, mas embolado e, afinal, amigo, / se fosses só o sal, o sol, o sul, / l ladino pardal, / o manso boi coloquial, / a rechinante sardinha, / a desancada varina, / o plumitivo ladrilhado de lindos adjectivos, / a muda queixa amendoada / duns olhos pestanítidos, / se fosses só a cegarrega do estio, dos estilos, / o ferrugento cão asmático das praias, / o grilo engaiolado, a grila no lábio, / o calendário na parede, o emblema na lapela, / Ó Portugal, se fosses só três sílabas / de plástico, que era mais barato!adesse
(http://sulanorte.blogs.sapo.pt e http://sulparati.weblog.com.pt)
(mailto:skuld_m@hotmail.com)
De Anónimo a 9 de Maio de 2004 às 11:03
Encandescente: Obrigada, amiga. Tem um bom domingo!lique
(http://mulher50a60.blogs.sapo.pt)
(mailto:lique2@sapo.pt)
De Anónimo a 9 de Maio de 2004 às 10:47
Muito bem escrito lique:) encandescente
(http://eroticidades.blogs.sapo.pt/)
(mailto:encandescente@sapo.pt)
De Anónimo a 9 de Maio de 2004 às 10:16

fico ansioso para conhecer as tuas histórias, Lique! as minhas são "públicas", como bem percebes! rss... bjsDonBadalo
</a>
(mailto:DonBadalo@sapo.pt)
De Anónimo a 9 de Maio de 2004 às 09:17
MWOMAN: Bom dia! Poi tem algo que se lhe diga, sim... Digamos que foi um devaneio que saiu sem pensar muito. Beijinhos. Tem um bom domingo, amiga!lique
</a>
(mailto:lique2@sapo.pt)
De Anónimo a 9 de Maio de 2004 às 01:36
Ah! Esqueci-me de te desejar um óptimo Domingo.BeijinhosMWoman
(http://devaneio.blogs.sapo.pt)
(mailto:siilvam@hotmail.com)
De Anónimo a 9 de Maio de 2004 às 01:35
Ahahahahah...genial...fizeste-me rir.E tem muito mas muito que se lhe diga!;)Adorei este teu devaneio!MWoman
(http://devaneio.blogs.sapo.pt/)
(mailto:siilvam@hotmail.com)
De Anónimo a 8 de Maio de 2004 às 21:55
Wind: tens toda a razão, é um assunto sério e uma conversa que nunca mais acabava. Mas fizeste muito bem em dar a tua opinião! :)lique
</a>
(mailto:lique2@sapo.pt)
De Anónimo a 8 de Maio de 2004 às 21:44
Pois Lique, mas isto já seria um tema que daria "pano para mangas". Acho que tudo começa na infância se as crianças são educadas ou não para ler. Depois em adultos há várias condicionantes, o preço dos livros, a vida agitada, a televisão que vicia muita gente...Desculpa lá agora isto ficou sério:)wind
</a>
(mailto:cruzi@netcabo.pt)

Comentar post