Sexta-feira, 18 de Fevereiro de 2005

Aparente proximidade

Em cada dia
há uma palavra
ou mais
que tu perdes
há um som
ou dois
que não ouves
há uma cor
ou muitas
que não vês
Em cada dia
a distância aumenta um pouco
na directa proporção
da aparente proximidade.
publicado por lique às 13:00
link do post | quer comentar? | favorito
|
4 comentários:
De Anónimo a 26 de Fevereiro de 2005 às 01:07
Será que os hs são sempre assim desatentos...pois é de um hm que se trata..(.?) A atenção, a falta de atenção que magoa.


Solidária gostei do poema.50etal
</a>
(mailto:aldamaria@mac.com)
De Anónimo a 22 de Fevereiro de 2005 às 16:27
ou nao fossem as aparencias um engano...diluida
(http://evasoesdemim.blogs.sapo.pt)
(mailto:diluida@hotmail.com)
De Anónimo a 21 de Fevereiro de 2005 às 19:23
a saudade é boa um dia mais tarde é uma doce lembrança.
grzl
(http://ontemhoje.blogspot.com)
(mailto:ghpb@sapo.pt)
De Anónimo a 19 de Fevereiro de 2005 às 18:10
..e.. "O longe/ ao perto/ é tão pequeno"... ;) KissMJM
(http://babylonia.blogs.sapo.pt/)
(mailto:cacooco@hotmail.com)

Comentar post