Terça-feira, 16 de Março de 2004

A razão de ter um blog

Tenho dado por aí umas voltas e tenho descoberto coisas imprevistas nesta blogoesfera. O que mais me espanta é a luta de alguns para chegar ao top25. Há algum prémio por isso? Dão-nos alguma medalha, algum reconhecimento da nossa “extraordinária valia”? Pois, não me parece…
Isto leva-me a tentar perceber quais as razões que nos levam a criar isto, a escrever aqui, a pôr aqui a expressão de sentimentos que podem ser lidos por toda a gente mas (quantas vezes…) não ditos àqueles com quem privamos todos os dias. Afinal o papel e a caneta continuam a existir e os processadores de texto também… Queremos que os outros (os tão anónimos outros, por detrás dos seus nicks) nos oiçam, nos leiam, nos comentem? Ou queremos só expressar opiniões, sentimentos, sonhos, duma maneira que nos parece mais criativa e nos obriga a algum exercício de forma (há excepções, claro…)? Talvez seja essa a razão de tanta poesia que por aí se encontra. Até a mim me deu para escrever coisas novas, eu que não “arranhava” um poema há tanto tempo…E também há muita crítica, política ou não. Vejam só o trabalho que dá manter-se sempre em cima do acontecimento para poder comentar, todos os dias! Chega-se a uma blogodependência que não deixa de ser um fenómeno interessante. E que até estimula a criatividade, o interesse pelos outros companheiros destas andanças (ou só a curiosidade?), mas provavelmente também nos alheia um pouco do que se passa mesmo ao nosso lado. Será? Ou será que é aí que vamos buscar a nossa razão (inspiração?).
Afinal que interessam as razões, minhas e dos outros? Eu estou mesmo para aqui só a arranjar conversa para mais um post no meu blog…
publicado por lique às 17:03
link do post | quer comentar? | favorito
|
4 comentários:
De Anónimo a 17 de Março de 2004 às 13:29
Olá Lique! Bom dia! Gostei do teu artigo..levanta algumas questões interessantes... isto do blog tem sempre por detrás uma necessidade, a necessidade de nos mostrarmos a coberto deste anonimato. Depois, evolui, sublimamos aqui tanta coisa, inventamo-nos personagens disto, nos caso mais "graves", desenvolvemos múltiplas personalidades que se vão distribuindo pelos vários blogs que vamos criando. Já vi aqui a confissão de alguém que tinha 7!!! Numa fase mais "eufórica", somos embriagados pelo suposto poder que isto nos dá sobre os outros.. é como uma droga, percebes? E tem que haver um grande equilíbrio por parte do blogger para não ser arrastado por isto e deixar de viver a sua vida real, isto toma-nos tempo, muito...desenvolvemos "relações" com outros que são tão "sombras" como nós. E sim, os reais ficam a perder. Tudo depende da maneira como encaras isto. Até porque o que de "grandioso" se passa, é atrás do blog e essa é última fronteira: quando se passa do blog para o mail e do mail para o chat e seus "derivados", pode criar muita infelicidade.
Lique, aqui podemos ser tudo, ser o que sempre desejamos e nunca fomos, percebes? E os outros podem ter a tresloucada ideia de nos manipular, ou porque pensam detectar supostas fragilidades,ou por mero exercício de poder gratutito.
Sossegada no meu canto, tenho visto muita coisa, também vejo a "banda passar" e pasmo, amiga,oh se pasmo! Sim, isto pode ser perigoso se se confundir com a realidade, ou se começarmos a criar novas personalidades. Pelo que aqui tenho visto, manténs a tua postura e a tua linha, ainda retomaste a poesia... está a ser bom.
Deixei aqui um testamento e não disse nada que não soubesse já, né? Pronto, foi uma forma de te cumprimentar. Bom post. Mais um para pensar. Fica bem, jinhos!:))**misogena
(http://inocencia.blogs.sapo.pt)
(mailto:misogena@sapo.pt)
De Anónimo a 16 de Março de 2004 às 19:52
É, estás a compreender o espírito disto. A gente quando lhe ganha o vício até inventa assuntos para poder "postar" qualquer coisa. Quando mais não seja dizer que não sabe o que há-de escrever. Já vi muitos assim por aí. O que o Xzip diz é verdade. A grande maioria dos blogues do top aqui no sapo são inenarráveis. Não sei bem porquê no blogspot e no weblog.com.pt é um pouco diferente. Talvez porque são mais antigos.ognid
(http://vegetacoes.blogs.sapo.pt)
(mailto:vegetacoes@sapo.pt)
De Anónimo a 16 de Março de 2004 às 18:53
Xzip: Olá, é bom voltar a ter-te por aqui. Relativamente ao top, nem discuto. De facto o mau gosto impera. No teu caso, se estás lá é sinal de que também há muita gente com sensibilidade e que gosta de ler um texto bem escrito, sincero e que faz pensar. Por isso não te aborreças. Caramba, o teu blog está no top e não fizeste nada para isso enquanto anda por aí gente que só tem esse objectivo! Quanto às motivações, só te posso dizer que sempre adorei escrever e no entanto nunca me passou pela cabeça ter sequer uma página pessoal. Quando entrei aqui e comecei a ler, achei interessante. E depois, há sempre algo que despoleta a necessidade de passar à acção. No meu caso foram os 55 anos. Coisas... mas estou a gostar muito!lique
(http://mulher50a60.blogs.sapo.pt)
(mailto:lique2@sapo.pt)
De Anónimo a 16 de Março de 2004 às 18:03
Eu ando aqui para ter um local onde consiga colocar o que escrevo, não por publicidade, mas por gosto, e acima de tudo, para compartir, ideias, sentimentos e até afectos. O bom dos blogs é que ninguém é obrigado a nada, nem a ler se não gostar, nem a comentar se não quiser. É um espaço relativamente livre. Isso é de uma grande beleza e fascinio. Relativamente ao Top, a maioria dos blogs são de um maus gosto e conteúdo, no minimo, discutivel. Eu, infelizmente estou lá, nem sei bem como, mas não queria, pois sinto que estou a ser conspurcado por tanta porcaria que lá anda á solta. Prefiro mil vezes o top das últimas actualizações. É mais digno. Fica bem :) Xzip
(http://bluedream.blogs.sapo.pt)
(mailto:jpft2001@sapo.pt)

Comentar post

sobre mim

pesquisar

 

outras palavras minhas

palavras recentes

Passeando na blogoesfera....

O Beijo

Reinvenção do mundo

de impossibilidades

Fixação

Ritual do silêncio

Poema à mãe

Azul, azul...

Ecos de Abril...

Desencanto

palavras guardadas

Dezembro 2007

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

blogs SAPO

subscrever feeds