Domingo, 6 de Fevereiro de 2005

Carnaval

Não gosto de alegria por encomenda. Não gosto de usar máscaras. Carnaval pode ser todo o ano ou nunca. Carnaval pode ser esfusiantemente alegre ou confrangedoramente triste. Não gosto de advérbios. Grandes então, nem pensar. E uso-os. Às vezes. Como já "brinquei" no Carnaval. Sem convicção. Em ambas as situações. Este ano, sei que estou mascarada. Do lado de cá. E a minha máscara começa a assentar-me mal. A incomodar. Eu nunca gostei de máscaras. Mas se a máscara fizer toda a diferença para os outros? Ainda que saibam que é máscara. Ou adivinhem. Este é um Carnaval sem quarta feira. Não sei quando nem como vai acabar. Estou presa nele. Cada dia que nasce é terça-feira.
publicado por lique às 18:51
link do post | quer comentar? | favorito
|
2 comentários:
De Anónimo a 15 de Fevereiro de 2005 às 23:24
Só quem depende da politica pode estar preocupado.
São sempre os mesmos "ratos do poleiro" que aparecem nas campanhas um pouco por todo o país. Maior parte deles são funcionários do Estado. São ratos que chegaram onde chegaram por serem militantes do partido A ou do partido B e que têm medo de perder o lugar caso o seu partido não ganhe.luis silva
(http://o-blog-de-luis-silva.blogspot.com)
(mailto:luisantoniosilva@iol.pt)
De Anónimo a 15 de Fevereiro de 2005 às 12:14
Carnaval; não!AF
(http://www.segundoimpacto.blogspot.com)
(mailto:segundoimpacto_2@hotmail.com)

Comentar post

sobre mim

pesquisar

 

outras palavras minhas

palavras recentes

Passeando na blogoesfera....

O Beijo

Reinvenção do mundo

de impossibilidades

Fixação

Ritual do silêncio

Poema à mãe

Azul, azul...

Ecos de Abril...

Desencanto

palavras guardadas

Dezembro 2007

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

blogs SAPO

subscrever feeds