Quarta-feira, 22 de Dezembro de 2004

Angústia para o Natal

São Natais que passam, uns após outros. Natais da infância, juventude, idade adulta… Criança, rapariga, mulher, mãe…um ciclo de vida. Porque é que dividimos o tempo? Na realidade é um contínuo. O Natal, o fim do ano não interrompem nem começam nada. Mas nós temos a ilusão que sim. Pensamos que podemos mudar a vida no ano que começa, pensamos que o Natal vai ser um estado de graça que nos vai dar a paz que não temos. Pensamos tanta coisa…
Este Natal, eu sei que não vai ser alegre, apesar de ter a família completa. Vai ser estranho. Começa a ser estranho hoje. Estranho-me a mim e a todos à minha volta.
Por vezes, uma frase, até uma simples palavra dita numa conversa banal tem o poder de nos acordar todas as inquietações. Aconteceu hoje. Sei que não era essa a tua intenção. Mas a angústia ficou. E vai ficar, como uma nota aguda por cima da possível felicidade. Aquela nota que nos arrepia quando a mais bela música toca. Não tenho, por agora, o poder de a afastar. E talvez ela seja indispensável na música que me acompanha…
publicado por lique às 22:45
link do post | quer comentar? | favorito
|
5 comentários:
De Anónimo a 25 de Dezembro de 2004 às 20:17
Felicidades em 2005.isabel
(http://www.sintonia.blogs.sapo.pt)
(mailto:isabel_espadinha@msn.com)
De Anónimo a 25 de Dezembro de 2004 às 01:42
Compreendo-te...sei perfeitamente...
mas talvez essa nota ...seja mesmo lá precisa! Ela faz parte daquilo que somos, das sensaçóes que nos acompanham e fazem de nós gente real. Que sofre, que ri, que dá...que não recebe o que espera receber...
Sei, mas sei que este é o nosso processo de amadurecer...de nos completarmos.
Aceita um beijo, amiga..da BShellblueshell
(http://www.BlueShell.Blogspot.com)
(mailto:isabelsmartins@netvisao.pt)
De Anónimo a 24 de Dezembro de 2004 às 02:10
Rir, ver o lado positivo das contrariedades e tirar delas lições para o futuro são atitudes que denotam uma postura inteligente perante a vida. É tb uma excelente maneira de estabelecer relações satisfatórias com as pessoas que nos rodeiam.
Feliz Nataldocerebelde
(http://docerebelde.blogs.sapo.pt)
(mailto:docerebelde@net.sapo.pt)
De Anónimo a 24 de Dezembro de 2004 às 01:58
Interessante eu vir aqui qdo vc posta algo que calou fundo em mim. Pra mim tb este é um Natal onde as luzes brilham sem reflexo. Ainda assim, acredito neste brilho. Desejo paz a ti. E que a esperança faça parte de todos os teus dias. Beijos.Loba
</a>
(mailto:lm@uol.com.br)
De Anónimo a 24 de Dezembro de 2004 às 01:55
Interessante eu vir aqui qdo vc posta algo que calou fundo em mim. Pra mim tb este é um Natal onde as luzes brilham sem reflexo. Ainda assim, acredito neste brilho. Desejo paz a ti. E que a esperança faça parte de todos os teus dias. Beijos.Loba
</a>
(mailto:lm@uol.com.br)

Comentar post