Sábado, 11 de Dezembro de 2004

Frio

O frio hoje entra por onde não há frestas visíveis. Impregna tudo à minha volta. Será que o frio entra em mim ou sai de mim? Nem consigo perceber. Enrolo-me em posição fetal procurando encontrar algum calor. Sei que quando fizer as pazes comigo, o frio desaparecerá. Quando me reencontrar, pessoa inteira sem muletas na alma nem emoções de empréstimo. Talvez então consiga encontrar outros sóis, outros mares, outras paisagens. Talvez volte a haver calor na minha vida. Mas hoje tenho tanto frio!
publicado por lique às 22:05
link do post | quer comentar? | favorito
|
4 comentários:
De Anónimo a 13 de Dezembro de 2004 às 19:08
Bem, a temperatura já subiu um pouco...
Eu estás a referir-te ao frio psicológico?
Será porque mudaste outra vez de blogue?
Ainda bem que eu tenho 2 só para ti, sendo que o antigo é que às vezes funciona.

Beijinhos QUENTES.Nilson
(http://nimbypolis.blogspot.com)
(mailto:nimby33@hotmail.com)
De Anónimo a 13 de Dezembro de 2004 às 00:48
Hi! Muito interessante uma moça, fazendo um blog tão interessante! Ainda declarar um pouco sobre a sua idade! Um abraço*IceTriangle* e *IceCube*
(http://vidaerumos.zip.net)
(mailto:num@num.com.br)
De Anónimo a 12 de Dezembro de 2004 às 23:06
ainda sentes frio?! caet
</a>
(mailto:arisko@sapo.pt)
De Anónimo a 11 de Dezembro de 2004 às 23:05
Ai, lique, como eu conheço esse frio! No meu caso há sempre influência do tempo atmosférico, porque um tempo mais ameno e um sol mais quente, confortam-me a alma e estes "frios" são muito mais suportáveis! Já vi a tua música. Assenta-te bem. ;) BeijosMWoman
(http://devaneio.blogs.sapo.pt/)
(mailto:MWoman@sapo.pt)

Comentar post