Sexta-feira, 20 de Agosto de 2004

Pesadelo

forest.jpg


Numa neblina cada vez mais densa, não consigo avistar as margens do caminho. Sei que parti à procura de um lago de águas transparentes. Mas cada vez é mais difícil lá chegar. Tropeço em cada obstáculo e parece que os ramos das árvores se entrançam, criando estranhos emaranhados que não chego a desfazer porque cada ponta vai colidir com outra, tornando a trama das árvores mais fechada.
De olhos semi-cerrrados imagino as águas do lago. Talvez tomando outro atalho... Mas acabo sempre por esbarrar na floresta e o nevoeiro é tanto que não consigo evitar que os ramos me magoem. As minhas mãos a sangrar cravam-se nas árvores, que se vão fechando mais e mais...
Penso que afinal eu só queria chegar ao lago transparente. Tomei o caminho errado?



O argumentista deste sonho concebeu caminhos alternativos. O realizador também os previu. A produção teve que fazer cortes no orçamento e eliminou-os. Provavelmente, a heroína vai ficar presa nas árvores da floresta. O lago está lá, bem perto afinal.


(Obrigada à Lia, por me ter feito pensar como seria a produção teatral ou cinematográfica de um sonho )

publicado por lique às 00:02
link do post | quer comentar? | favorito
45 comentários:
De Anónimo a 20 de Agosto de 2004 às 19:29
Almaro: também tu me dás dois fins possíveis, ambos da iniciativa da heroína: ou sobe às árvores (pões portanto a hipótese do lago não estar lá) ou tem que ouvir os seus sussurros e entender a sua linguagem. Vai ter que ser uma heroína que reúna a coragem e a poesia. Vou ter os teus conselhos em consideração no meu guião. Bjslique
</a>
(mailto:lique2@sapo.pt)
De Anónimo a 20 de Agosto de 2004 às 19:23
Inconformada: o teu fim é do género: bater os sapatinhos de cristal e dizer "there's no place like the lake" e ele aparece. Tentarei... beijinhoslique
</a>
(mailto:lique2@sapo.pt)
De Anónimo a 20 de Agosto de 2004 às 19:21
Ruca: olá! Obrigada pelo comentário e pelo incentivo. Bjslique
</a>
(mailto:lique2@sapo.pt)
De Anónimo a 20 de Agosto de 2004 às 19:20
Lia: olha, com Damásio ou sem ele (eu não digo que isto hoje não está a bater bem?), vamos mas é escrever o guião... Isto dava pano para mangas com todos estes finais que já aqui propuseram. Sucesso de bilheteira? Só se fosse realizado no estrangeiro... :)) beijinhoslique
</a>
(mailto:lique2@sapo.pt)
De Anónimo a 20 de Agosto de 2004 às 19:17
José Gomes: não percebi, quem anda a perder qualidades, tu ou os blogs? Obrigada pelo poema. Do da Vinci gosto, mais que do di Caprio.. (isto hoje não está nada bom...). Então depois de ter lido o Código da Vinci, leio esse poema e só vejo linguagem cifrada. :)) Bjslique
</a>
(mailto:lique2@sapo.pt)
De Anónimo a 20 de Agosto de 2004 às 19:14
Analfabeto: já anda para aqui uma grande equipa a querer produzir este sonho. Junta-te ao grupo. bjslique
</a>
(mailto:lique2@sapo.pt)
De Anónimo a 20 de Agosto de 2004 às 19:12
sei lá: amiga, dormiste bem? Estás tão acelerada que acho que andas a tomar muito café. Gosto sempre de te ver por aqui. beijinhoslique
</a>
(mailto:lique2@sapo.pt)
De Anónimo a 20 de Agosto de 2004 às 19:11
Sara(sempre com amor): amiga, tu descobriste o final perfeito, o mais consentâneo com o meu sonho azul. Só que ia ficar um pouquinho caro à produção arranjar esses efeitos todos... :) Beijinhoslique
</a>
(mailto:lique2@sapo.pt)
De Anónimo a 20 de Agosto de 2004 às 19:08
Sara(vert): Obrigada, amiga. Estamos aqui para entreter o público (quando o Sapo nos deixa...). Beijinhoslique
</a>
(mailto:lique2@sapo.pt)
De Anónimo a 20 de Agosto de 2004 às 19:07
stillforty: o Leonardo di Caprio? Não, não! Se posso escolher o actor quero o Brad Pitt ou mesmo o George Clooney que está melhor para mim... Caramba, deixa-me escolher quem faz as cenas escaldantes! :)) Beijinhoslique
</a>
(mailto:lique2@sapo.pt)

Comentar post