Domingo, 8 de Agosto de 2004

Na chuva me encontrei

rain2.jpg


Na chuva me encontrei
Súbita a leveza do ar
Cheiro de terra molhada
Saber de fértil amanhecer
Na chuva me lavei
Gotas beijo no rosto
Água fio pelos braços
Sentidos de vez acordados
Na chuva relembrei
Dias cinza de esperança
Tardes quentes de angústia
Noites brancas de emoção
Na chuva aguardei
Certezas do meu querer
Outonos em folhas de ouro
Invernos de prata fria

Até terminar a chuva
Até acabarem os dias.
publicado por lique às 22:54
link do post | favorito
De Anónimo a 9 de Agosto de 2004 às 20:22
Armandoooo! Voltaste! Que fazemos nós aqui na blogoesfera sem a tua energia? Lá vamos habituar-nos de novo aos comentários às 5 da manhã!! Obrigada por me quereres ler. Não sei se há posts suficientemente compridos para ti... Então e as ondas? Bjslique
</a>
(mailto:lique2@sapo.pt)
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.