Sexta-feira, 2 de Julho de 2004

Notícias tristes

sophia_brando.jpg



O fim da tarde de hoje trouxe-me a notícia das mortes de Sophia de Mello Breyner Andresen e de Marlon Brando. Fica aqui a minha homenagem aos dois, num poema de Sophia.


A hora da partida





A hora da partida soa quando
Escurecem o jardim e o vento passa,
Estala o chão e as portas batem, quando
A noite cada nó em si deslaça.
A hora da partida soa quando
As árvores parecem inspiradas
Como se tudo nelas germinasse.

Soa quando no fundo dos espelhos
Me é estranha e longínqua a minha face
E de mim se desprende a minha vida.




P.S.: Merecídissimas homenagens a Sophia de Mello Breyner podem encontrar hoje em muitos blogs. Para quem apreciava Marlon Brando aconselho a ir ao Blogue de Cartas e ler a magnífica homenagem que lhe é prestada pela Dora.
publicado por lique às 23:27
link do post | quer comentar? | ver comentários (28) | favorito

Manhã de puro tédio

Arcadas.jpg


Na manhã escaldante, saí da brisa do mar para a mesma cidade de sempre. Subi as longas escadas, percorri os corredores que a beleza podia habitar se não tivesse sido escorraçada por pilhas de papéis amarelos, bafientos, contendo decisões adiadas perdidas no tempo.
Comecei a manhã de puro tédio, de insistente monotonia. Há destinos a decidir de anónimos com nome que esperam lá situados na NUT () Zona () Concelho (). Na opinião de alguns pequenos poderes ( de hoje, amanhã talvez já não) decide-se, após alguma discussão, que… neste momento não se pode tomar uma decisão.
Na volta, o sol fere-me os olhos e as cores desta cidade em festa parecem-me irónicas. No comboio, sou embalada pelo som do harmónio da pobreza deste país, original ou importada. E uma esmolinha que não como desde ontem… que tenho oito filhos para criar… que tenho sida, tuberculose, um turbilhão confuso de desgraças a toldarem o sol. Lembro-me dos outros, dos anónimos cujos nomes me passaram pela mão, esperando decisões que aguardam aqui, na cidade de sempre, em manhãs escaldantes de puro tédio.
publicado por lique às 12:25
link do post | quer comentar? | ver comentários (29) | favorito

Vamos fazer ouvir a nossa voz

Quem desejar a realização de eleições antecipadas, pode fazer ouvir a sua opinião por quem tem competência para decidir (o PR, naturalmente), fazendo o seguinte:


ENVIEM MENSAGENS AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA a exigir eleições antecipadas.
Pode fazer-se pela net, enviando um email ao presidente da república. Deverão dirijir-se à página
http://www.presidenciarepublica.pt/pt/main.html
Menu à esq, link: CORREIO ELECTRÓNICO -- apenas é necessário pôr o vosso endereço normal (e nome); onde diz motivo escolher no menu "comentar, sugerir ou fornecer opinião" ;onde diz área temática escolher no menu "assuntos políticos"; sugestão de mensagem: assunto: eleições antecipadas já!, texto: venho por este meio comunicar a Vossa Excelência a minha preocupação pela situação política actual e o meu pedido de dissolução do parlamento e convocação de eleições antecipadas. obrigado pelo seu tempo, [nome] .


Existe também uma petição online em http://www.PetitionOnline.com/lagutrop

Podem fazer as duas coisas: enviar a mensagem e assinar a petição.


Espalhem esta informação.
publicado por lique às 08:17
link do post | quer comentar? | ver comentários (14) | favorito
Quinta-feira, 1 de Julho de 2004

Por aqui

sinais.jpg


Por aqui deixamos sinais. Escrita, pontuação, abreviaturas, erros, sentimentos se possível. O amor é assim. A tristeza não pode ser eterna!. Lindo! Beijinhos. Boa semana. Bom dia. Boa noite. Bom fds. Fica bem. Revelamo-nos (revelam-se?). Adivinhamos (adivinham-nos?). Entendemos (não entendem?). Perguntamos (não perguntam?). Respondem (não respondemos?) Gostamos (não gostam?). Sem vírgulas, com muitos pontos. Do amor. Da política. Da vida. De nós?
Por aqui deixamos sinais. Efémeros. Ou não. Livre arbítrio, ou talvez não. Basta um clique. Quem era já não é. (Não é?)
publicado por lique às 12:09
link do post | quer comentar? | ver comentários (55) | favorito

sobre mim

pesquisar

 

outras palavras minhas

palavras recentes

Passeando na blogoesfera....

O Beijo

Reinvenção do mundo

de impossibilidades

Fixação

Ritual do silêncio

Poema à mãe

Azul, azul...

Ecos de Abril...

Desencanto

palavras guardadas

Dezembro 2007

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

blogs SAPO

subscrever feeds