Terça-feira, 27 de Abril de 2004

Árvores

tree.jpg


O que tentam dizer as árvores
no seu silêncio lento e nos seus vagos rumores,
o sentido que têm no lugar onde estão,
a reverência, a ressonância, a transparência
e os acentos claros e sombrios de uma frase aérea.
E as folhas e as sombras são a inocência de uma ideia
que entre a água e o espaço se tornou uma leve
integridade.
Sob o mágico sopro da luz são barcos transparentes.
Não sei se é o ar se é o sangue que brota dos seus
ramos.
Ouço a espuma finíssima das suas gargantas verdes.
Não estou, nunca estarei longe desta água pura
e destas lâmpadas antigas de obscuras ilhas.
Que pura serenidade da memória. que horizontes
em torno do poço silencioso! É um canto num sono
e o vento e a luz são o hálito de uma criança
que sobre um ramo de árvore abraça o mundo.


António Ramos Rosa, Cada árvore é um ser para ser em nós



publicado por lique às 16:01
link do post | quer comentar? | favorito
21 comentários:
De Anónimo a 27 de Abril de 2004 às 17:08
...é curioso que das primeiras coisas que comecei a desenhar, muito miudo mesmo, foram as àrvores, de tal modo que, de memória, "fazia " àrvores de todas as espécies e feitios e isto ainda durou muito, até aos rabiscos dos restaurantes lá estava a àrvore; era assim a modos que um simbolo e agradável porque o lápis ou a caneta deslizava sem esforço e rapidamente. Hoje, as árvores já não fazem parte do meu imaginário (ou grande prazer) e pinto-as, porque sim, como se de mais um trabalho se tratasse. A idade tem destas coisas: torna-me mais duro e menos romântico. Bjs e inté!porquinho da india
(http://bertoblog.blogs.sapo.pt)
(mailto:baconfrancis@netcabo.pt)

Comentar post

sobre mim

pesquisar

 

outras palavras minhas

palavras recentes

Passeando na blogoesfera....

O Beijo

Reinvenção do mundo

de impossibilidades

Fixação

Ritual do silêncio

Poema à mãe

Azul, azul...

Ecos de Abril...

Desencanto

palavras guardadas

Dezembro 2007

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

blogs SAPO

subscrever feeds